Secando o cabelo com difusor

Olá pessoal, tudo bem?

Nós cacheadas costumamos gostar de deixar o cabelo secar naturalmente, mas isso pode demorar bastante dependendo do cabelo e não é sempre que temos esse tempo todo. Por isso às vezes acabamos recorrendo à praticidade do secador.

O secador com difusor é o mais indicado para nós cacheadas, pois mantém o formato do cacho e muitas cacheadas amam uma definição máxima! Eu particularmente não ligo muito pra definição, gosto mesmo é de volume e já usei muito  o secador sem difusor, mas eu ganhei o secador com difusor no natal e resolvi mostrar minha finalização com ele.

Pra quem não sabe, difusor é um bico para secador que permite secar o cabelo cacheado mais rápido, mas sem desmanchar os cachos. Dá pra comprar já com o secador ou separado, mas nesse caso tem que olhar se encaixa direitinho no secador. O meu foi comprado separadamente na internet e quando meu marido foi comprar o secador ele levou o difusor pra testar na loja. Além desse modelo do meu também  já vi um em tamanho bem menor.

Mas lembrem-se meninas, sempre que for usar fonte de calor no cabelo usem protetor térmico para proteger os fios.

Beijos!

 

Sem categoria

Dicionário das cacheadas

 

Se você é nova ou novo nesse universo de cabelo cacheado natural e saudável pode ter se deparado com alguns termos completamente novos, foi assim comigo quando decidi voltar a usar meu cabelo natural e comecei a pesquisar dicas de cuidados.

São termos que nomeiam fases do cabelo, maneiras de pentear e cuidados com os fios.

Decidi reunir as principais palavras e expressões que me nortearam nesse mundo novo e lindo do cabelo cacheado e natural. Vou começar pelo mais marcante e importante pra mim:

Transição capilar: é o período em que você para de fazer química de alisamento e deixa o cabelo crescer natural. É uma fase difícil que requer muita dedicação.  Mas se você está decidida e quer voltar a ter o cabelo natural e cacheado não tem mágica, é ter paciência para esperar crescer e cuidar dos fios, só posso dizer que vale muito a pena. E chegará a hora que você terá que se desfazer da parte alisada, o que nos leva ao próximo item.

Big chop: Grande corte ou simplesmente BC, é o corte pra tirar toda parte alisada do cabelo. Pode ser uma decisão bem difícil de se tomar, mas cada um deve decidir por si só a hora certa de fazer esse corte. E você não precisa cortar tudo de uma vez se não quiser, sei como somos apegadas ao cabelo e pra fazer o meu BC demorei mais de um ano após iniciar a transição. Fiz porque achei necessário e nesse post aqui explico melhor.

Texturização: é o que ajuda a lidar com as duas texturas durante a transição. A texturização vai cachear a parte alisada até você estar prepara para fazer o BC.

Finalização: é a maneira e estilo que você penteia o cabelo para deixar os cachos mais definidos durante a transição e também depois dela. Acho que a finalização mais famosa entre as cacheadas é a fitagem. Depois da finalização você pode deixar o cabelo secar natural ou usar secador com difusor.

Fitagem: é um tipo de finalização que consiste em separar os cachos como se fossem fitas envolvendo-os com bastante creme. Cada fita vai formar um cacho e quanto mais você dividir o cabelo e mais creme passar, mais definido o cacho ficará.  A fitagem é feita usando o creme de pentear ou outro produto de sua preferência, dá pra fazer uma fitagem mais perfeita pegando mechas bem pequenas para ter cachos mais definidos ou uma fitagem mais grosseira para cachos menos definidos e mais volumosos.

Difusor: é um bico para secador que permite secar o cabelo cacheado sem desfazer os cachos. Lembre-se de usar sempre protetor térmico nos fios para minimizar os danos causados pelo uso de fonte de calor no cabelo.

Day after: é o dia seguinte à lavagem e finalização do cabelo. O cabelo pode ter quantos day after você quiser, vai depender da sua rotina de cuidados e lavagem. . Para ajudar a ter um bom day after existem alguns truques, como dormir com touca de cetim ou prender o cabelo num rabo de cavalo frouxo no topo da cabeça, chamado método abacaxi. No day after você pode fazer apenas uma revitalização rápida para arrumar os cachos que se desmancharam.

Revitalização: é como arrumar os cachos no day after sem precisar molhar e finalizar completamente o cabelo. A ideia da revitalização é apenas arrumar os cachos que desmancharam e desamassá-los. Faço revitalização com água no borrifador, um pouco de creme de pentear e secador.

Tipos de cacho: Nem todo cabelo cacheado é igual, pois existem cachos mais abertos, mais fechados, cabelos ondulados e cabelos crespos. O tipo de cacho é de acordo com a curvatura dos fios e cada tipo de cacho se divide e diferencia em outros subtipos dependendo do grau da curvatura do cacho. O meu por exemplo é o 3C, tenho cachos soltos, mas são  um pouco apertadinhos e a raiz quase crespa. Os cachos do tipo 2A, 2B e 2C são ondulados; os do tipo 3A, 3B e 3C são cachos mais definidos e soltos e os 4A, 4B e 4C são os crespos e os fios são mais secos  e com cachos bem estreitos.

Cronograma capilar: este termo não se refere apenas ao cabelo cacheado, pois é uma rotina de cuidados com o cabelo e todo tipo de cabelo merece e precisa ser cuidado. O cronograma capilar é dividido em etapas de hidratação, nutrição e reconstrução. Em cada etapa você vai usar no cabelo produtos com finalidades diferentes para hidratar, nutrir ou reconstruir. Dá pra seguir o cronograma usando receitas caseiras ou comprando produtos específicos para cada etapa.

Para saber como montar o cronograma capilar você precisa conhecer o seu cabelo pra saber das necessidades dele. Por exemplo, meu cabelo é seco e eu sei que ele precisa e reage muito bem quando uso óleos vegetais, então posso fazer nutrição sem medo.

Esse esquema abaixo pode ajudar quem quer montar o cronograma capilar e não sabe por onde começar, mas você pode e deve adaptá-lo para suas necessidades e realidade.

Cronograma: Ser crespa

Hidratação: é a primeira etapa do cronograma e o cuidado mais básico com os fios. A hidratação repõe a água que o fio perde naturalmente e é indicado para quem tem o cabelo ressecado, sem brilho e maciez. O ingredientes com propriedades hidratantes são: glicerina, proteína hidrolisada, extratos vegetais, pantenol entre outros. Cremes para hidratação são os mais fáceis de encontrar.

Nutrição: é o cuidado com o fio em que se repõe a gordura que todo cabelo precisa para se manter saudável. É mais comum entre as cacheadas porque o cabelo cacheado é naturalmente mais seco e mesmo a gordura produzida naturalmente é perdida no dia-a-dia. Devido à curvatura do cabelo cacheado a gordura produzida naturalmente pelo couro cabeludo não chega ao comprimento dos fios, então a nutrição vai servir para repor essa gordura e os benefícios perdidos. Para a etapa da nutrição você deve procurar por produtos com óleos e manteigas vegetais na fórmula, sendo que essa etapa do cronograma pode ser feita com óleos vegetais puros, como azeite extra virgem e óleo de coco.

Reconstrução: é a etapa do cronograma em que se repõe a proteína capilar. O cabelo é composto principalmente por queratina, por isso, na reconstrução use algum produto com queratina na fórmula ou mesmo queratina líquida. Os ativos que servem para reconstruir a fibra capilar são: creatina, arginina, aminoácidos, proteínas etc. A etapa da reconstrução é a que requer mais cuidado, pois o excesso de proteína deixa o cabelo duro e grosso, o que pode levar à quebra. Por isso a reconstrução deve ser feita com um intervalo de no mínimo 15 dias e sempre depois da hidratação e nutrição.

Umectação: é a técnica de encharcar o cabelo com óleo vegetal para que  os fios absorvam os nutrientes do óleo, sendo comumente feita com o cabelo sujo e seco. Uma maneira bem prática de fazer é passar o óleo à noite e lavar o cabelo no dia seguinte. A umectação também não é exclusiva para cabelos cacheados, pois todo cabelo naturalmente produz e precisa de óleos, o que muda é a frequência e modo de utilização dependendo do tipo de cabelo. Os óleos usados na umectação devem ser 100% vegetal, pois são os únicos que realmente tratam o fio. Pra quem segue o cronograma capilar a umectação entra na etapa de nutrição.

Essas são as palavras e termos importantes pra nós cacheadas dos quais eu me lembro. Se esqueci de algum pode deixar nos comentários, pode ser que alguns eu nem conheça. Espero que gostem do post.

Beijos!

Sem categoria

resenha – óleo de umectação Salon line

IMG_3343

Gente, a Salon Line tá arrasando demais com essa linha Tô de cacho! E nós cacheadas agradecemos e torramos todo nosso rico dinheirinho em produtos pra cabelo kkkk

Esse óleo eu comprei porque estava precisando, o meu de coco acabou e eu adoro usar óleo no cabelo pois é um produto que faz muita diferença nos meus fios. Definitivamente meu cabelo ama óleo!

O produto

Óleo de umectação ebaaa! Blend de óleos: argan, manga e coco, esse é o nome desse óleo especificamente, isso porque ele faz parte de uma linha de óleos vegetais com mais três produtos. As outras versões são: Mix de Óleos de Girassol, Oliva e Coco; Óleo de rícino puro e  o Óleo de Coco puríssimo, esse de coco eu queria muito, mas não encontrei.

O blend de óleo de argan, manga e coco é 100%  vegetal e é indicado para cabelos cacheados, crespos, crespíssimos e cabelos em transição. Não contém sulfato, silicone, petrolato, parabenos ou óleo mineral, ou seja, é liberado para quem segue as técnicas No e Low poo. A textura é de um óleo ralinho e o cheiro docinho e bem gostoso.

Lembrando que óleos vegetais são os únicos indicados para umectação, pois são os únicos capazes de tratar o cabelo com o uso contínuo. Os óleos minerais, como o silicone, apenas manqueiam e disfarçam o danos temporariamente.

Esse óleo da Salon Line custou R$11,90 numa loja no centro de São Paulo e a embalagem vem com 100ml.

Modo de usar

A marca indica na própria embalagem 3 formas diferentes de uso:

Umectação noturna: esse tipo de umectação é bem famosa entre as cacheadas. À noite antes de dormir você passa bastante óleo no cabelo seco, enluvando o comprimento e massageando suavemente o couro cabeludo para ativar a circulação do sangue. Ponha uma touca de banho ou camisa de algodão e lave o cabelo no dia seguinte. A umectação noturna além de nutrir o cabelo ajuda a protegê-lo do excesso de limpeza do shampoo, que além da sujeira do dia a dia, também pode retirar os nutrientes naturais do cabelo.

Umectação rápida e pré-shampoo: antes de lavar o cabelo aplique o óleo no cabelo separando em mechas, enluvando o comprimento  e massageando o couro cabeludo. Deixe agir por no mínimo 30 minutos e lave como de costume. Nesse caso o óleo também vai funcionar como uma proteção aos fios no processo de lavagem, mas tem que deixar agir pelo máximo de tempo que você puder.

Misturado com máscara de tratamento: misture o óleo com alguma máscara de tratamento e passe nos cabelos enluvando as mechas, coloque touca térmica ou de banho e deixe agir por uns 15 minutos. Esse é meu jeito preferido de usar óleos vegetais no cabelo, mas sempre deixo agir por mais tempo, no mínimo 30 minutos. Acho a textura do creme mais prática e aproveito para continuar usando alguma máscara que não deu muito resultado sendo usada sozinha, assim o óleo ajuda a potencializar a máscara e funciona como um “selador” dos nutrientes da hidratação no cabelo.

Resultado

Logo ao passar o óleo misturado com a máscara no cabelo senti os fios bem maleáveis, já deu aquela sensação de “derretida” no cabelo. Depois de seco percebi o cabelo com muito brilho, macio, com menos frizz e uma definição incrível! Aquele aspecto de cabelo tratado sem ser ensebado, sabe?! Amei o resultado e valeu super a pena o investimento. Já quero testar o óleo de coco puríssimo 😀

Arrasou Salon Line!

IMG_3189

IMG_3345

 Alguém aí já usou esse óleo? Me conta o que achou.

Beijos!

Sem categoria

Como eu penteava meu cabelo antigamente

Essa é a Lorena de hoje:

IMG_2906

E essa é a Lorena de antigamente que não sabia nada sobre cabelo cacheado:

IMG_2908

 

E prepara que lá vem textão! Mas é um desabafo que eu quero e preciso muito fazer.

A história do meu cabelo

Quero mostrar e contar sobre como eu lidava com meu cabelo na adolescência e início da vida adulta e como buscar informações inspirada por mulheres maravilhosas mudou meu cabelo, minha vida e minha autoestima.

Lembrando que esse comparativo é referente a quando eu usava o cabelo natural e também depois que comecei a relaxar. Algum tempo depois veio a progressiva, escova toda semana e muuuuito tempo depois optei pela transição e big chop.

Devo dizer que eu nunca odiei meu cabelo, nunca foi meu maior sonho ter cabelo liso. Hoje eu sei disso porque sempre que via algum cabelo cacheado solto e com volume em revistas ou na TV, eu pensava: queria que meu cabelo ficasse assim. Mas não ficava, e sabe por quê? Porque eu não sabia cuidar do meu cabelo, sempre acreditei que meu cabelo cacheado e volumoso devesse ser domado em vez de cuidado e explorado respeitando suas características.

Eu não sabia como arrumar e explorar todo potencial maravilhoso do meu cabelo e lembro que a informação máxima era para controlar e domar o volume. Até já me disseram que cabelo cacheado não é chique, que para festas é melhor alisar mesmo.

Como finalizava meu cabelo

Basicamente eu penteava meu cabelo assim: passava creme e penteava com pente ou escova tentando abaixar o máximo possível o volume da raiz e gostava sempre dele molhado. Qualquer oportunidade lá estava eu passando mais um pouco de água. Por não saber cuidar do cabelo, houve uma época em que eu vivia de touca, boné ou lenço porque era mais prático e não precisava ficar molhando todo dia.

É claro que eu poderia ser feliz e bem resolvida usando o cabelo do jeito que eu usava, mas eu não era. Porque o que eu fazia, a maneira como penteava era para tentar escondê-lo, meu cabelo era uma preocupação chata e não uma parte querida do meu corpo e da minha personalidade.

Comecei a alisar o cabelo pra tentar controlar o volume e porque acreditava que cabelo liso/alisado é mais prático, o que hoje sei bem que não é verdade. Qualquer cabelo dá trabalho, no entanto cabelo liso e cabelo cacheado pedem cuidados diferentes. Fiquei muito tempo com relaxamento, depois escova progressiva e prancha semanalmente. Decidi pela transição em 2014/2015.

Minha transição

A primeira tentativa de transição em 2014 até início de 2015 não deu muito certo. Eu não fazia química, mas escovava e pranchava toda semana. A mudança definitiva mesmo foi final de 2015.

Quando já estava cansada de pranchar o cabelo e ele já estava crescendo alisado por causa do excesso de prancha é que resolvi que queria meu cabelo natural de volta, que aprenderia a cuidar dele. Nessa jornada as blogueiras cacheadas foram quem me ajudaram, Rayza NicácioJéssica Dantas e Ana Lídia Lopes são as que mais me inspiraram. Aprendi a fazer texturização, e principalmente aprendi a gostar do volume e a soltar de verdade os cachos, usando isso a meu favor. Com o big chop em dezembro de 2015 veio a libertação definitiva.

Aprendi a finalizar fazendo fitagem, que faz com que o cabelo cacheado fique ainda mais cacheado. E sabe a diferença? A forma como eu finalizo hoje é para realçar o cabelo que eu já tenho, e como eu fazia antigamente era pra tentar escondê-lo.

No entanto, ter o cabelo que eu tenho hoje exigiu sacrifícios, tive que lidar com as duas texturas por um tempo e depois desapegar do tão amado e idolatrado cabelo comprido. Porém tudo isso valeu a pena e hoje eu só queria que a Lorena adolescente tivesse acesso às informações que tenho hoje, que em vez de acreditar que cabelo cacheado é feio e trabalhoso ela soubesse que cabelo cacheado é lindo e só precisa ser cuidado e tratado como CABELO CACHEADO.

Quero deixar claro que não quero sugerir que cabelo cacheado deve ser usado sempre natural. Se você gosta dele liso, alise. Mas uma coisa é alisar por gosto e outra bem diferente é você alisar porque foi levada a acreditar que seria a única forma de ter o cabelo bonito, que seu cabelo natural é ruim e deve ser “escondido”.

O meu conselho pra quem quer assumir o cabelo natural é não desistir e buscar muita informação e apoio, porque vale muito a pena se você quer muito. Não é nada fácil, mas é possível sim!

O texto já está bem grandinho e vou deixar pra falar mais sobre a história do meu cabelo em posts futuros. Aqui no blog já tem post falando sobre minha transiçãobig chop, produto pra ajudar no crescimento e os produtos que uso para cuidados e finalização. Vou deixar os links no final do post. Quem estiver precisando de apoio e dicas pra superar a transição capilar é só deixar nos comentários.

Minha transição e big chop: aquiaqui e aqui!

Produto pra ajudar no crescimento: aqui!

Produtos baratinhos que uso e amo: aqui!

Creme de pentear preferido com resenha completa: aqui!

Vídeo da minha finalização: aqui!

Espero que gostem do post.

Beijos!

 

Sem categoria

Como finalizo meu cabelo

Bom pessoal, esse post é para complementar o vídeo de finalização do meu cabelo. Esqueci de falar algumas coisinhas no vídeo e resolvi escrevê-las aqui.

Pra começar devo dizer que no vídeo eu não apareço desembaraçando meu cabelo com pente eu escova, isso porque eu SEMPRE desembaraço meu cabelo com ele ainda molhado, logo que termino de lavar e uso um pente de dentes bem largos. Vocês sabem que não podemos desembaraçar nosso cabelo cacheado com ele seco né?!

Outra coisa, às vezes quando meu cabelo não está muito bem cuidado e hidratado eu uso um óleo finalizador pra dar brilho e maciez, o óleo que uso é Pinga! da Lola Cosmetics, mas você pode usar outro de sua preferência se achar que precisa. No dia que gravei o vídeo eu não usei, pois tinha hidratado meu cabelo no mesmo dia com essa hidratação aqui!

Além dessa finalização em que deixo o cabelo secar naturalmente, às vezes eu também uso o secador. Faço isso quando está frio ou quando vou sair pra passear e não dá tempo de esperar secar. Mas essa finalização eu também vou mostrar em vídeo, logo logo. Importante lembrar que se você usa fonte de calor no cabelo, é bom usar algum produto com proteção térmica para tentar minimizar os danos aos fios.

Espero que gostem do vídeo.

Beijos!

Sem categoria

resenha – máscara de coco salon line

IMG_0254

Desde que vi uma publicação dessa linha no Facebook da Salon Line já fiquei doida pra testar, pois meu cabelo A-M-A óleo de coco e essa máscara aí tem óleo e manteiga de coco, é muito coco Brasil!!! Queria testar a linha completa, mas na loja que comprei só tinha a máscara 🙁

E o que dizer dessa máscara? É maravilhosa! Usei umas três vezes já e desde a primeira já senti resultado. Pra fazer essa resenha eu a usei depois de duas semana sem hidratar o cabelo, dei uma relaxada depois do natal. Mas mesmo assim o resultado foi incrível! E eu gosto de produto assim, que já chega salvando nosso cabelinho. Meu cabelo ficou super leve, macio, definido e com um brilho incrível, tudo o que a marca promete. Pena que a câmera não capturou a real beleza que meu cabelo estava.

A textura da máscara é bem cremosa, mas não chega a ser durinha. É bem emoliente e dá aquela sensação de derreter no cabelo. Achei bem potente mesmo, sem precisar adicionar mais nada. Já comprei uma máscara com óleo de coco bem mais cara que essa e para conseguir um bom resultado tive que adicionar óleo de coco puro. Mas essa da Salon Line sozinha já é maravilhosa! O cheiro é característico de produtos com coco mesmo, que eu particularmente acho uma delícia. Paguei uns R$15,00 e achei o preço ótimo pela qualidade e tamanho do produto.

Usei após lavar o cabelo com meu shampoo de costume e deixei a máscara agir por uns 30 minutos. A marca recomenda 15 minutos, mas eu sempre deixo por mais ou menos meia hora, a não ser que seja um produto específico com uma recomendação mais rígida. Quando uso máscara com muito óleo ou óleo puro no cabelo, sempre enxáguo com água morna, pois sinto que tira melhor o produto e não deixa o cabelo pesado com aspecto melequento. Principalmente óleo de coco puro, que endurece em temperaturas mais baixas.

Finalizei com meu amado Monange rosa. Tem resenha dele aqui!  Agora vamos ao resultado…

IMG_0264

Textura do produto

IMG_0250

Alguém aí já usou essa máscara?

Beijos!

 

Sem categoria

1 ano de Big chop!

IMG_9440

O post de hoje é muito especial! Porque hoje, dia 26/12/2016 completa um ano que cortei meu  cabelo e tirei toda parte alisada \o/

E somente o que eu posso dizer é: que sensação maravilhosa de liberdade! Foi a melhor coisa que fiz pelo meu cabelo e por mim. Foi o momento de desapegar das pontas alisadas e da insegurança com meu rosto. Quando tinha o cabelo grande usava ele de lado meio que escondendo um pouco da testa, porque sempre odiei essa parte do meu rosto. Cresci ouvindo as pessoas me chamando de testuda e isso infelizmente criou uma insegurança em mim.

Confesso que essa coisa da testa foi o que me impediu de cortar o cabelo antes, mas percebi que pra ter o cabelo cacheado de novo teria que enfrentar isso. E junto com o corte superei essa insegurança, pouquíssimo tempo depois de cortar o cabelo passei a amar minha nova aparência e meu rosto sem esconder nada. Deixei pra trás mesmo! 😀

Quem está passando ou já passou pela transição sabe o quão difícil é tomar a decisão e fazer o famoso Big chop. Por isso aconselho quem está passando por isso  a pensar bastante e esperar o seu momento de cortar o cabelo. Porém não existe mágica, pra tirar a parte alisada tem que cortar! Mas cabelo cresce, é só cuidar e ter paciência. Logo quando cortei fiz esse post aqui falando da minha experiência.

Meninas, o BC significa uma mudança tão grande! Eu já tive o cabelo com duas texturas e achava bem chato ficar fazendo texturização quase que diariamente, já que meu cabelo não segurava os cachos na parte alisada. E depois que cortei o principal benefício foi a praticidade mesmo, pois o cabelo natural é fácil de finalizar e conseguir um cacho bonito. Como cortei bem curto tinha ainda mais praticidade, não tinha que me preocupar com nada de definição, só usar um pouco de creme e ficava ótimo.

Hoje a forma como finalizo já mudou bastante. Meu cabelo cresceu bem e já tenho cachos grandinhos e com volume, então dou atenção especial na hora de finalizar. Mas não sou obcecada por cachos perfeitos, então faço uma fitagem mais grosseira  e rápida.

Há uns meses usei o tônico Rapunzel da Lola Cosmetics para acelerar um pouco o crescimento e mostrei o resultado nesse post! Bom que atualmente tem muitos produtos que auxiliam no crescimento capilar.

Como disse numa foto que postei no insta, (me segue lá também:@loreavelar) meu único arrependimento foi não ter cortado antes! Quanto ao corte do meu cabelo, não é nenhum específico, só pedi pra moça tirar a parte alisada. Ah, cortei no Beleza Natural.

Foto da época do corte

12484665_1641742482754687_5153270558101214988_o

Tem alguém aí pensando em fazer ou que já fez o big chop? Me conta como está passando por isso 😉

Beijos!

Sem categoria

resenha – creme para pentear brilho máximo salon line

IMG_8726

Eu fico muito chateada quando algum produto não funciona no meu cabelo, pelo dinheiro, claro, mas também porque eu gosto de ter várias opções de cuidados com meus fios. E infelizmente esse potinho aí não funcionou pra mim 🙁

A Salon Line é uma marca que entendeu a necessidade das cacheadas e sempre lança produtos interessantes pra nós. Esse eu resolvi comprar por causa da promessa de brilho, quem não quer cabelos brilhantes, né?!

Mas não foi isso que aconteceu. Não achei que deu brilho nos fios e pior ainda, não definiu meu cachos. Eu não sou neurótica por cachos perfeitos, mas esse creme aí deixou meu cabelo “farofado”, não sei explicar bem o que é isso, mas algumas meninas vão entender o que quero dizer. Ficou com mais frizz do que o normal na raiz, e olha que na embalagem promete controle do frizz. Resultado: sem definição, com frizz e sem o brilho prometido.

Pensei que meu cabelo fosse reagir bem a ele, pois tem óleo de manga e de argan na fórmula e meu cabelo AMA produtos com óleo. Uma pena mesmo meu cabelo não ter gostado dele, adoro esses produtos em embalagens grandes, o preço é bom e Salon Line é uma marca fácil de achar por aqui. Sorte da minha irmã, porque vou levar pra ela testar e tomara que funcione pra ela 😀

Eu já disse aqui no blog que não devemos descartar um produto logo de cara, por isso usei esse creme algumas vezes, fiz misturinha com outro creme mas realmente não funcionou. Engraçado que eu já tinha experimentado outro creme dessa linha, o Nutrição reparadora e também não gostei. Essa embalagem de 500g eu paguei uns R$13,00 e tem também a versão de 1kg.

A textura do creme é firme, mas não muito grossa. O cheiro é um pouco forte, mas vai desaparecendo com o passar do tempo.

IMG_8354

Textura do creme

IMG_8729

Já usou esse creme? Me conta aí se funcionou pra você.

Beijos!

 

Sem categoria

resenha – Monange hidratação intensiva (Monange rosa)

 

IMG_8450

Vou começar dizendo que sim, eu estou bem empolgada com posts sobre cabelos hahahah na verdade não sei por que não escrevia antes sobre esse assunto tão especial pra mim. Adoro cuidar dos meus cabelos e testar produtos baratinhos, alguns nem tanto  😉

Mas o produto querido desse post é baratinho mesmo. Já falei dele e de outros que eu adoro e que também são acessíveis nesse post aqui!

Monange hidratação intensiva é o nome desse creminho aí, vi muita gente falando bem dele e resolvi testar. Agora é meu creme de pentear preferido, já estou no terceiro ou quarto potinho. É barato, custa em média R$6,00 e fácil de achar, geralmente em supermercados, drogarias e lojas de produtos de beleza. Eu sempre vejo bastante dele nas Americanas, quando não acho num dia, volto em uma semana e ele está lá, nunca tive dificuldade em achar. Porém muitas meninas vivem comentando na web que não encontram, minha irmã que mora na Bahia também não encontra na cidade dela.

O cheiro é bem suave e gostosinho. A textura é ótima, grossinha mas não muita pesada. Sinto que quando passo no cabelo ele penetra nos fios e não fica aquela coisa melequenta. Consigo resultados diferentes e bons com ele, só mudando o jeito de finalizar.

Quando quero os cachos bem definidos uso uma quantidade maior de produto e faço uma fitagem bem feita. Já quando quero cachos mais soltos e bastante volume (minha finalização preferida) uso menos produto e faço uma fitagem mais grosseira.

Outra coisa que amo nesse creme é que não preciso usar óleo finalizador. Meu cabelo é bem seco e alguns cremes o deixa opaco, meio acinzentado. E esse Monange não, deixa com brilho e bem macio, já que tem extrato de oliva na fórmula.

Frizz

Uma coisa que incomoda muitas cacheadas são esses fios que não se juntam a nenhum cacho, formando o chamado frizz. Eu tenho bastante isso, algo natural do meu cabelo e que na verdade não me incomoda tanto assim, mas esse creme controla um pouco também. Não sou a louca do cacho perfeito, mas tem alguns cremes que até piora o odiado frizz, aí não dá né!

Com cabelo molhado

IMG_7871

Seco

IMG_8452

IMG_8460

IMG_8463

Espero que gostem da resenha. Já usou esse produto? Me conta o que achou 😉

Beijos!

Sem categoria

Cabelos – 4 produtos baratinhos que eu amo

Oba, finalmente um post sobre cabelos aqui. E é pra falar de produtos baratinhos e fáceis de encontrar que eu uso e amo! E vai um recadinhos meninas, cada cabelo é único e pode reagir diferente à um mesmo produto. Mas se você conhece seu cabelo vai saber do que pode funcionar pra ele. Por exemplo, meu cabelo é bem seco e eu sei que vai gostar de quase qualquer produto com óleo na fórmula.

Outra coisa, se não gostou de um produto no primeiro uso dê mais uma chance a ele. Use mais uma vez, tenta usar de uma forma diferente, mas não descarta logo de cara. A menos que tenha danificado seu cabelo de alguma forma. Lembrando que nenhum desses produtos é específico para cabelo cacheado ou crespo 😉

Vou começar falando do meu creme de pentear preferido da vida (de 2016 pelo menos) <3

1 – Creme para pentear Monange hidratação intensiva

300938_800

Esse potinho rosinha aí é bem famosinho entre as cacheadas e pra mim ele é realmente maravilhoso! Deixa meu cabelo definido, com movimento e com brilho. Eu até uso outros cremes, porque gosto de experimentar produtos novos e diferentes, mas esse é meu preferido. Quando tem algo especial e quero meu cabelo lindo, finalizo com ele e não tem erro. Uso desde o início do ano e sempre compro nas Americanas. Custa em media R$6,00

2 – Creme de tratamento Monange hidratação intensiva

images (1)

A hidratação da mesma linha da Monange também é ótima e bem conhecida entre as cacheadas. Gosto principalmente para usar como base para misturinhas, como Bepantol e óleo de coco. Mas também uso sozinha para uma hidratação rápida e meu cabelo já dá uma boa melhorada com ele, com maciez e brilho. É baratinha mas não tem aquela textura aguada, pelo contrário, é bem consistente. Também compro nas Americanas e custa em média R$7,00

3 – Creme multifuncional Yamasterol

creme-multifuncional-Yamasterol-com-babosa-e-d-pantenol-900g-yama-indicado-para-co-wash

Mais um famosinho do universo capilar hahaha esse creme amarelinho aí é um baita quebra galho. Não tenha medo de usar e abusar da sua multifuncionalidade. Eu uso como condicionador, como creme para finalizar, para receitas caseiras de hidratação e em todas essas formas ele arrasa!

Por ser um creme bem ralinho, se você gosta de algo mais consistente para finalizar e definir bem os cachos talvez ele não agrade tanto, mas vale testar as outras funções. Deixa um brilho danado nos fios. Comprei dessa embalagem enorme aí e custou uns R$15,00. Aqui em São Paulo, sempre vejo dele em várias lojas de produtos para cabelos.

4 – Condicionador Elseve óleo extraordinário nutrição intensa

Condicionador-Elseve-Oleo-Extraordinario-Nutricao-Intensa-400ml-130478 (1)

Esse condicionador é riquíssimo em óleos, como o próprio nome já sugere. E como meu cabelo é bem seco, é perfeito pra mim! Então se cabelo seco também é seu caso, se joga! Gosto tanto desse condicionador que uso há uns dois anos já, quando não estou usando uma linha específica sempre uso ele. A textura é bem consistente e tem até uns brilhinhos no meio. Meu cabelo fica incrivelmente macio e brilhante.

Elseve se encontra com facilidade em supermercados e esse custa em média R$20,00 a embalagem com 400ml. Não é tão barato, mas resolvi colocar na lista pela facilidade de encontrar e por ser um condicionador que realmente faz diferença pra mim. Um lembrete: essa linha Óleo extraordinário tem também outro condicionador parecidíssimo com esse. Esse que eu uso é o NUTRIÇÃO INTENSA. O outro é apenas NUTRIÇÃO.

Quem aí já usou algum desses produtos?

Me conta o que achou 🙂

 

Sem categoria